Tingimento De Tecido

Como Tingir Tecidos de Forma Natural Com Pó De Café?

Print Friendly, PDF & Email

Neste final de semana precisei fazer um projeto de sustentabilidade para a faculdade e durante minha pesquisa descobri que algumas marcas de roupas usam tecidos que são tingidos naturalmente.

Bom, vou voltar no túnel do tempo … Há aproximadamente 10 anos, comecei a pesquisar sobre tinturas naturais e como fazer para tingir tecidos naturalmente em casa. Durante minha pesquisa descobri que pode-se tingir tecidos com cascas de vegetais e frutas. Fiquei deslumbrada com a idéia e comecei a “brincar” com todos as cascas vegetais e frutas que encontrava em minha geladeira.

Descobri que casca de cebola resultam em uma cor amarelada e que beterraba resultam em uma cor marrom, mas isso estou ainda para tentar mais vezes até obter aquela maravilha. Depois de várias tentativas , resolvi parar e abandonei o projeto de tentar tingir meus tecidos em casa e voltei para as lojas para comprar tecidos estampados e coloridos.

Voltando para o presente, com o projeto da faculdade, eu recomecei a pesquisar sobre e dessa vez um pouco mais intensamente e encontrei na internet algumas informações bem básicas desse processo.

Descobri então que os tecidos, antes de mais nada precisam de uma preparação para receber o tingimento e uma solução deve ser preparada para que a cor evite de desbotar.

Se esta é a sua primeira vez aqui no Blog do Arto, meu nome é Eloisa, tenho 43 anos e sou estudante de Moda. Muito prazer!! Adoro tudo que é feito à mão, cozinhar, fazer sabões e sabonetes e tudo o que é natural!

Na faculdade tento sempre desenvolver projetos usando tecidos de fibras naturais e sempre penso no conforto.

Meus materiais prediletos sao : tecidos e papel, ambos têm fibras e isso me fascina! Mas, para o post de hoje vou falar sobre como tingir tecidos naturalmente em casa?

Para isso, temos que usar tecidos com fibras naturais. Não podemos utilizar cascas de cebola, por exemplo, para tingir um tecido de polyester. Se você quiser tingir u tecido de polyester em casa, tem que utilizar uma tintura para tecidos sintéticos que você poderá encontrar nas lojas, mas sópara deixar bem claro esse tipo de tinta deixa resíduos químicos não só no ambiente mas também nas roupas…

Algodão, seda, lã e cânhamo, são exemplos de fibras naturais, desta forma você vai poder tingi-las com cascas de vegetais e frutas, flores e semente… tem que experimentar!

Mas antes de iniciar seus experimentos, você tem que seguir alguns passos . Esses dias, com minha pesquisa descobri um livro muito legal que vai te guiar e dar receitas de como tingir naturalmente seus tecidos, mas livro está em Inglês! Se você entende o Inglês eu deixo aqui o nome Do livro: “The Wild Dyer” de Abigail Booth. Se quiser comprar o livro, clique acima ao lado direito da tela para mudar a lingua aqui do Blog (clique onde está escrito “English” do lado da bandeirinha).

Start writing or type / to choose a block

Este livro é super simples de ler e a autora explica tudo o que você precisa saber sobre o processo do tingimento, ferramentas necessaries e dicas importantes para você saber antes de iniciar todo o processo!

Eu fiquei super empolgada com todas as informações que obtive durante meu dia de pesquisas. Então iniciei que o processo com uns tecidos de algodão que comprei no Brasil. Esse tecido é aquele algodão que fazemos panos de prato para a cozinhaI was so excited with all of this, that I wanted to start dyeing some cotton fabric that I bought in Brazil. This cotton fabric is a flour sac fabric and it is thicker and good for the kitchen. And as the dye, I had coffee grounds.

A primeira coisa para se fazer é lavar o tecido com água quente na máquina de lavar. Em uma panela que eu reservei somente para fazer meus experimentos (isso é super importante, porque você tem que ter uma panela de aço inoxidável somente para o tingimento), coloquei água, um pouquinho de detergente neutro e uma colher de sopa de bicarbonato de soja. Coloque todo o tecido dentro da panela e deixa ferver por aproximadamente 2 horas.

This image has an empty alt attribute; its file name is IMG_3517-e1551229098272-768x1024.jpg
This image has an empty alt attribute; its file name is fullsizeoutput_20cc.jpeg

Essa etapa é importante porque aqui o tecidos esta sendo esterilizado. Retirando todas as impurezas do tecido a coloração natural fixará melhor no tecido.

Depois de ferver por aproximadamente por duas horas, deixei o tecido dentro da própria panela com a água até esfriar. Depois de frio retirei a água e sequei na secadora.

Enquanto eu preparava o tecido, peguei um pouco da borra do café do dia anterior, coloquei num balde, adicionei agua e deixei assim até no dia seguinte

No dia seguinte, adicionei mais borra de café, coloquei essa mistura em uma panela e fervi por uns 15 minutos para que eu pudesse obter uma cor mais escura.

Logo após, penerei essa mistura em uma bacia e mergulhei o tecido nela. O tecido, antes de ser mergulhado na mistura, tem que estar úmido para que ele possa absorver melhor a cor.

This image has an empty alt attribute; its file name is IMG_3533.jpg
This image has an empty alt attribute; its file name is IMG_3536.jpg
Colocando o tecido na mistura do café
This image has an empty alt attribute; its file name is IMG_3538-1.jpg

Deixei o tecido mergulhado na mistura do café por aproximadamente 20 horas. Depois lavei o tecido em agua corrente e deixei secar.

Veja na foto abaixo o resultado da cor do tecido. Não fixou uma cor unto forte mas achei super bonito porque ficou uma cor delicada e natural.

Atenção: Para este projeto não usei nenhum tipo de mordente porque a borra de café contém tanino, que é uma substancia que ajuda a fixar a cor no tecido!

Espero que você tenha gostado desse meu teste e na próxima vez vou mostrar como tingir tecido com abacate!

Muito obrigada por sua visita e se tiver algum comentário, por favor, deixe abaixo! Um grande beijo!

Elô

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *