Costuras Moda

O Bustier!

print
Eu e meu Bustier!

Nestes últimos 3 meses, sei que me afastei um pouco do Artlo por causa da faculdade, mas estou sempre de olho aqui no blog e quando posso, respondo às perguntas no You Tube… peço desculpas pela minha ausência, mas no momento estou me dedicando bastante à faculdade, que está sendo maravilhoso e necessário!

Uma das matérias que estava estudando é a Costura IV. Não sei ainda se você sabe, mas eu iniciei minha faculdade de Modas no ano passado, mais precisamente em Julho e ainda tenho pelo menos 1 ano e meio para poder me formar! Mas estou super feliz com minha escolha e estou trabalhando em minha nova marca que é a Copacabana Boutique, onde faço  bolsas com muiiiiiiito amor!!!!

Hoje quero dividir com você o projeto do último trimestre que foi o Bustier! O Bustier  é uma peça do vestuário feminino que serve para moldar o corpo, afinar a cintura, enfim deixar o corpo mais bonito e feminino.

Depois de alguns desenhos, apresentações, ajustes, diminuições, mostro aqui para você algumas fotos do processo de se fazer o Bustier!

O método que estou aprendendo na faculdade se chama “Moulage” (palavra que se originou do Francês) ou “Drapeado” em Português ! Em Inglês, “Draping”. Neste método, para fazer o molde da roupa, usamos um pedaço de tecido, geralmente de algodão, o que chamamos aqui nos Estados Unidos de “Muslin”. Fiz um corset com o tecido de algodão para fazer a “prova” do Bustier, o que chamamos de “Toile”. Fazemos o “Toile” para fazer todos os ajustes necessários antes de se fazer o Bustier final, usando os tecidos que realmente queremos.

 

Depois de fazer o moulage, passei as peças para o papel para fazer os moldes do Bustier.

Modelagem (Moulage)

Usando os moldes para o corte das peças (Técnicas do Moulage)

 

 

Usei dois tipos de entretelas, tanto para o tecido aparente quanto para o forro, para que o  corsette tenha firmeza. Mas não só as entretelas mantêm o corset firme e sim a adição das barbatanas. As barbatanas que usei são as do tipo costuráveis feitas de plástico, para especificar melhor  o tipo chama-se “Rigilene”.

Colocação da Barbatana no Corset.

Após a colocação de todas as barbatanas no forro, adicionei mais 4 no tecido exterior, mas desta vez fiz a “casinha” ou “capinha” para elas.

Costurei o forro juntamente com o tecido exterior, virei o direito para fora e pronto ficou assim:

 

 

Coloquei os ilhoses e passei o cordão! Eis meu Toile pronto!

 

Para o Bustier “real” utilizei um tecido jeans, o forro azul e uma renda em dorado. Segui os mesmo passos utilizando os moldes já com todas as correções necessárias. O processo foi bem parecido, mas é lógico que acabei sentindo diferença na hora da costura, pois agora tive que trabalhar com 3 camadas de tecido (fora as entretelas).

E o resultado foi este:

Bustier acabado
Bustier Vista lateral esquerda
Bustier Vista de trás
Bustier vista lateral direita

 

 

Lembrando que para o feitio de meu bustier utilizei o mesmo manequim .

Obrigada por visitar o Blog do Artlo!

Mais costuras virão por ai!!!!

Beijos!

Elô